domingo, 24 de outubro de 2010

É a árvore e não o ramo, que determina o fruto. A árvore é a fonte da vida, não é preciso "fazer" nada, exceto "ficar ali".

"E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa. E tinha esta uma irmã, chamada Maria, a qual assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços e, aproximando-se, disse:Senhor, não te importas que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe, pois, que me ajude. E, respondendo Jesus, disse-lhe:Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada." Lc10:38-42

Bem, hoje acordei à toda com o meu lado contemplativo..ótimo momento para escrever em um blog de forma despretenciosa. Indico um livro que pra mim foi o must ..aqueles de ficar na cabeceira pra de vez em quando espiar, ou lembrar do contexto procurando viver o que aprendeu sabe?.."Como ter o coração de Maria no mundo de Marta" de Joanna Weaver.
E se te uma coisa que Deus tem me levado a observar é justamente isso..que uma só coisa é necessária..e ela está acontecendo na "sala de estar", isso mesmo, naquele lugar e momento que a gente pára para se assentar totalmente absorta, aos pés daquele que é o único que pode falar e tocar no nosso interior até mesmo sem palavras!.
Como é revigorante!!! Ele me tem falado nos últimos dias muito sobre ansiedade, confiança e ainda nestes dias, de forma certeira sobre "expectativa". Cada dia aprendendo um pouco mais e assim vou me sentindo guiada mansamente..as águas tranquilas! É incrível como nos distraímos com tantas coisas, ainda mais nos dias de hoje, de mulheres e homens atarefados..como Marta,
correndo pra lá e pra cá, cheios de projetos e compromissos a cumprir.
Impressionante como estas coisas vão gerando uma expectativa que sem perceber está colocada nas circunstâncias, nas pessoas, nos meios e tiramos nossos olhos do foco.Repare: quando nos distraímos, desanimamos, ficamos descontentes e assim duvidamos e duvidando deixamos de colocar nossa confiança no único que realmente pode, quer e tem poder para fazer o melhor; começamos a confiar no nosso próprio braço, na nossa força, nas estruturas humanas e no que elas podem nos fazer. Temos dificuldade de entregar o "controle" e não aliviamos as cargas.
Ainda estes dias meditando na palavra de Deus, em Jeremias 17, fui levada a observar as consequências de uma vida que não confia em Deus, fiquei surpreendida!! ..Diz que ela por si mesma perderá sua herança, não verá a prosperidade quando ela chegar e "habitará" no deserto!! Mas..em contra partida, Ele diz sobre a confiança..será como árvore plantada junto a ribeiros de águas..que não receia o calor..não se afadiga e nem deixa de dar fruto..aleluia!!. Por isso hoje..diante da bondade Deus em revelar para mim os lugares obscuros do meu coração, resolvi aprofundar as raízes, junto a ribeiros de águas "vivas" que é a palavra de Deus, e ir aliviando as cargas uma a uma, para poder até mesmo ter os braços livres para abraçar coisas novas, entregar o controle, dia a dia(é um exercício constante para mim) e não ficar como diz Joanna Weaver, um ramo de macieira tentando produzir maças por si só ("Seja boa, seja boa, faça o bem", concentrada no fruto da santidade pessoal..), como o galho quebrado canta enquanto está caído sobre a grama do pomar. "A maçã deveria brotar em qualquer tempo, diz o galho impotente e sem vida. Mas não é assim que funciona. É a árvore, e não o ramo, que determina o fruto. A árvore é a fonte de vida. O ramo não tem capacidade por si mesmo. Mas uma vez unido à árvore, a seiva começa a fluir e as folhas começam a crescer; então..o insignificante galhinho se enche de fruto. E não é preciso fazer nada....exceto ficar ali"!.
Que em algum lugar entre o consultório e a "sala de estar", entre ser mãe e esposa..eu possa lembrar sempre..sempre..que é Ele, e não eu, que determina os frutos..é preciso apenas confiar, descansar, entregar o controle..."estar ali"!

"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim e eu nele, este dá muito fruto, porque sem mim nada podereis fazer"Jo15.5

2 comentários:

  1. Maravilhoso esse texto e suas palavras o contemplam muito bem!!!

    ResponderExcluir
  2. Sou uma grande admiradora do trabalho da Adriana. Ela é profissional altamente qualificada, atenciosa e dedicada.
    E seu tratamento de fonoaudiologia estética dá resultados impressionantes.
    Como moro no Rio de Janeiro, fiz parte das sessões via vídeo conferência. Fononet. Modernidade total.
    Recomendo!!!

    ResponderExcluir