terça-feira, 1 de novembro de 2011

DRENAGEM LINFÁTICA FACIAL!

Trabalho em fonoaudiologia estética a aproximadamente 10 anos (desde seu início) e amooo (assim como meus pacientes) os resultados da drenagem facial, mas gostaria aqui de esclarecer e mostrar a vocês o grande aliado que podem encontrar nesta técnica na guerra contra o envelhecimento e inchaços do dia a dia rsrs.

Também já experimentei muitas vezes em consultório, casos onde um rosto gordinho, que apresenta (ou tem a tendência a) retenção de líquido, pode ficar com aspecto mais “afinado” com a técnica, recuperando seu tônus natural e melhorando muito a definição de seu contorno. Igualmente para os problemas de papada ou bolsas na região dos olhos.

Então..vamos lá: Drenagem “facial” ....pouco se fala sobre o assunto a menos quem já passou por procedimentos cirúrgicos na face e sabe o benefício e alívio que esta técnica traz!

Então vamos compreender um pouco sobre esta técnica; quem realmente pode recorrer a ela e os resultados que ela pode apresentar!

A função da drenagem linfática é eliminar os edemas (inchaço) resultando na melhoria da circulação local, pois a mesma auxilia a retirada das toxinas dos tecidos, estimula a função do sistema imunológico local, relaxa os espasmos dos músculos da face assim como o corpo e a mente trazendo a sensação de bem estar! Também melhora as peles acneicas (ajudando no combate a acne), atenuam rosáceas, aumenta a imunidade da pele, melhora a cicatrização e tem um importante papel na recuperação do pós operatório e até mesmo pode diminuir os desconfortos da sinusite e afecções oculares.

A pele vai sofrendo a diminuição da troca de nutrientes entre as células (já falamos aqui sobre a diferença entre uma pele hidratada e uma pele “nutrida”), contribuindo para o processo de envelhecimento, pois líquidos retidos acumulam toxinas que aumentam a ação dos radicais livres (fica a promessa de um post futuro para entendermos melhor o que são os famosos radicais rsrs).

Os objetivos podem ser: preventivos, estéticos e terapêuticos, pois estimula o sistema de defesa e as trocas metabólicas, a oxigenação dos tecidos, retira líquidos excedentes, tonifica e contribui para retardar o envelhecimento dos tecidos, oxigena a pele, deixando-a mais firme e com mais viço, reduz e suaviza as linhas de expressão, diminui os hematomas e edemas que marcam a face logo após a cirurgia plástica e revitaliza a face.

Detalhe importante a se lembrar: todos os toques e manobras devem ser feitos suavemente por conter manobras de bombeamento pode provocar o deslocamento deste trombo que se encontra no interior da veia para algum vaso importante.

Os movimentos são de deslizamento e como citei, de bombeamento, esta é uma orientação que sempre lembro as minhas pacientes e é necessário conhecer bem, não somente a localização dos gânglios, mas também como realizar esta técnica de forma correta!

Vale sempre ressaltar as contra indicações (facial ou corporal, que vejo, é muito pouco mencionado): para quem sofre ou sofreu de câncer (incluindo de tireóide), trombose, varizes severas, trombo flebites, insuficiência cardíaca descompensada, flebites, certos tipos de afecções da pele, hipertensão, infecções agudas, sensação de mal estar, síndrome Reno carotídeo, asma e bronquite ou problemas renais graves (convém ser orientado por um profissional e nestes casos, receber o aval do seu médico antes de iniciar qualquer tratamento).

É importante saber que a circulação linfática pode distribuir pelo corpo alguns agentes infecciosos como vírus, bactérias e fungos assim como células cancerígenas.

Os benefícios desta técnica têm de fato apresentado um resultado contra o envelhecimento cutâneo considerável, portanto, vamos a ela!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário